Inverno pode piorar doenças dermatológicas

269
Fonte: Diário de Biologia
Fonte: Diário de Biologia

As baixas temperaturas já começaram a ficar mais atenuadas com a chegada do inverno. Muitas pessoas têm o costume, por exemplo, de tomar banhos muito quentes, o que pode deixar a pela ainda mais ressecada. Outro problema  nessa época são as doenças dermatológicas que acabam se agravando com o tempo seco.

Uma das doenças mais comuns que aumenta no inverno é a dermatite atópica, mais comum em crianças, principalmente aquelas que apresentam alguma alergia respiratória. Já a dermatite seborreica é conhecida pelo aparecimento de placas que descamam, como caspas no couro cabeludo e/ou pele, sendo mais frequente no rosto, tronco e costas.

De acordo com a dermatologista Monalisy Rodrigues, a dermatite seborreica deve ter uma rotina de cuidados. “É importante lavar o rosto com água fria, e investir na aplicação de protetores solares e hidratantes a base de “Oil Free”, “não comedogênico” ou “livre de óleo”, estes são os mais adequados para pessoas com dermatite seborreica. O paciente deve procurar por um dermatologista quando as lesões estiverem mais avermelhadas com descamação e coceira”, reforça.

Outra doença que está propensa a manifestar-se nessa estação é a psoríase,  nesta época do ano pode apresentar placas avermelhadas com descamação e coceira em muitos casos. Monalisy ressalta que a doença pode acometer a pele, cabelos e unhas. “Para pacientes com psoríase, recomendo um cuidado maior com a pele, mantendo uma hidratação adequada e caso não haja melhora é aconselhável procurar um dermatologista”, destaca.

Cuidados

Quem tem o costume de tomar banho muito quente deve ficar atento quanto o ressecamento da pele. O banho deve ser o suficiente para o enxague e higienização de todo o corpo, sendo importante a hidratação da pele logo após o banho.

“É importante o uso de produtos à base de gel-creme ou sérum. Sabonetes ou géis de limpeza podem ser usados de manhã e à noite, de acordo com as necessidade de cada tipo de pele. Em dias mais frios, a aplicação e reaplicação do protetor solar ao longo do dia é também muito importante para o cuidado com a pele”, indica.